MARINGÁ

Cresce o índice de furtos de bicicleta em Maringá
Ladrões invadem garagens de condomínios a noite para furtar bicicletas de alto valor


Foto: Reprodução/ricmais

Nos ultimos meses, a Polícia Civl registrou um aumento no número de casos de furto de bicicletas em Maringá/PR; tais ocorrências passaram a ser comuns em garagens de prédios residenciais, sobretudo a noite e durante a madrugada; é o que declara a Seção de Furtos e Roubos da 9ª Subdivisão Policial (SDP), que recomenda aos proprietários e moradores que tomem cuidado ao chegar em casa em tal horário.

Na quarta-feira (14/04), dois homens invadiram um prédio na Zona 04, e furtaram duas bicicletas avaliadas em R$ 25 mil; as câmeras de segurança gravaram a ação dos criminosos. Os ladrões forçaram o portão do condomínio com as pernas, indo direto ao bicicletário. Obviamente, optam por levar as bicicletas mais caras do condomínio, cientes do alto valor dos objetos. Outro caso similar aconteceu no bairro Zona 03, em um condomínio próximo ao Parque do Ingá; uma bicicleta também foi furtada, e a notícia se espalhou rapidamente pelo bairro; moradores da região estão assustados com a onda de furtos e decidiram reforçar a segurança do imóvel, além de investir em bicicletário com trancas para dificultar a ação dos bandidos em caso de invasão.

Furtos em casas e prédios é uma ação comum de bandidos na maioria das cidades, conforme explica o delegado de Furtos e Roubos da 9ª SDP, Laércio Fahur; geralmente ocorrem furtos em garagens ou até arrombamento de portas. “Precisamos fazer um alerta para a população, pois já detectamos também ações de ladrões que agem em conjunto fazendo arrastões em prédios de Maringá”, comenta Fahur. O delegado explica que, muitas vezes, até o porteiro chega a abrir o portão imaginando se tratar de morador saindo com a bicicleta. “Em alguns casos, inclusive, a investigação detectou que moradores também já ajudaram bandidos a efetuarem os furtos. Todo cuidado é pouco.”





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM