MARINGÁ

Distribuidoras de gás são notificadas pelo PROCON em Maringá
Uma grande operação busca garantir a qualidade dos produtos e serviços no município


Foto: Reprodução/BONDE

Durante as vistorias realizadas no ultimo fim de semana (entre os dias 09 e 12/04), o PROCON de Maringá notificou 95 distribuidoras de gás de cidade durante as inspeções de serviços e dos produtos no município; a operação foi realizada após o órgão receber denúncias de infrações nas revendas de gás da região. Será aberto um processo administrativo para verificar as possíveis sanções, agora as revendas têm até dez dias para apresentar o alvará de funcionamento, explicou a coordenadora do PROCON, Patrícia Parra. Na cidade-canção, o preço do botijão do gás de cozinha de 13 quilos está na faixa de R$ 88,00 à R$ 97,00, segundo as ultimas averiguações.

Durante as vistorias, a equipe vistoriou as placas da Agência Nacional de Petróleo (ANP), sinalizações de preços dos produtos vendidos no estabelecimento, diferenças entre o preço de entrega e o de retirada no balcão, se os botijões de gás estão de acordo com os padrões do Inmetro, disponibilização do Código de Defesa do Consumidor para os clientes, e sinalização visível na loja com os contatos do PROCON.

As notificações foram entregues tanto pessoalmente, quanto por meio de carta; agentes orientaram também sobre atendimentos aos clientes. A operação faz parte de uma série de ações do PROCON maringaense visando garantir a qualidade dos produtos e serviços com preços justos; foram inspecionados também supermercados, shoppings e outros estabelecimentos, além da averiguação de preços da cesta básica, de pescados, de ovos de Páscoa, de combustíveis, entre outros.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM