GERAL

Canabidiol poderá ser produzido em Maringá



O Instituto de Tecnologia do Paraná publicou aviso de chamamento público para a prospecção de mercado para potenciais parceiros interessados na transferência de tecnologia para desenvolvimento, fabricação e fornecimento de medicamentos de Cannabis spp. Como em Maringá o Tecpar possui cerca de 30 mil metros quadrados, a cidade pode eventualmente ser escolhida para o projeto.

O canabidiol é um derivado da Cannabis (conhecido também como cânhamo), pertence à família Cannabaceae e é dividido em três espécies (C.sativa, C.indica e C.ruderalis). Dentre seus componentes químicos, possui 61 canabinóides diferentes. A planta é conhecida popularmente no Brasil como maconha e tem nas suas folhas e flores, as substâncias ativas para os seus potenciais usos medicamentosos. Cerca de 50 patologias podem ser tratadas com o canabidiol.


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária autorizou, em abril deste ano, a farmacêutica Prati-Donaduzzi para o primeiro canabidiol de produção nacional. A empresa tem sede em Toledo.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM