GERAL

Protagonista do meme ‘bêbada de Curitiba’, Stephany Rosa morre de câncer



A jovem Stephany Rosa da Silva, que ficou famosa na internet em 2012 como a "bêbada de Curitiba", morreu nesta segunda-feira (13). Ela lutava contra um câncer desde 2018 e recentemente havia feito uma vaquinha virtual para custear parte de um tratamento alternativo e menos doloroso.  A confirmação da morte foi feita através de uma postagem da mãe dela nas redes sociais.

O velório será no cemitério Santa Cândida, em Curitiba. O sepultamento está marcado para as 11 horas desta terça-feira (14).

Stephany, que estava com 30 anos, era consultora de vendas da Mary Kay. Ela tinha câncer de mama, descoberto já dois anos. Ela ficou internada no Hospital Marcelino Champagnat. Sua última postagem nas redes sociais datava de 6 de junho e falava sobre o tratamento alternativo. “Como a maioria de vocês já sabem, luto contra o câncer há quase 2 anos. E resisti em pedir ajuda financeira, mas agora, sem perspectiva de eficácia do tratamento na medicina tradicional, estou atrás de alguns recursos da medicina alternativa, bem como uma cuidadora e algumas outras coisas que estão descritas na vakinha”, dizia a postagem. “Eu venci cada um desses medos, eu falei tanto dessa vakinha para as pessoas e agora ela é uma REALIDADE, finalmente. Estou feliz e grata, independente do resultado, porque cresci muito no processo”.

Na vaquinha virtual, Stephany pretendia arrecadar R$ 20 mil. Até esta segunda-feira, contudo, haviam sido arrecadados R$ 121.748,71, ou seis vezes mais que o pretendido.

Em 2012, Stephany ficou famosa depois de ser detida dirigindo com sinais de embriaguez. Na ocasião, ela deu uma entrevista para a Rede Massa, que viralizou. Até hoje existem memes e figurinhas de Stephany Rosa.

Nas redes sociais, muitos amigos postaram mensagens de condolências em perfis de familiares dela.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM