GERAL

Homem recebe 'mata-leão' de guardas municipais em Maringá após se negar a assinar multa
O fato aconteceu na avenida Pedro Taques





Durante a tarde desta terça-feira (7), uma confusão envolvendo o dono de um lava-jato e guardas municipais na Avenida Pedro Taques em Maringá, revoltou populares e pessoas que passavam pelo local. Segundo informações o homem ainda não identificado estava na frente do lava-jato que também seria sua residência, no momento que fiscais da prefeitura e guardas municipais o abordaram e notificaram sobre funcionamento da estabelecimento.

Uma grande aglomeração de populares que estava no local e se revoltaram com a situação e a forma de atuação realizada pelos guardas municipais, sendo necessário a solicitação de outras viaturas da guarda e Polícia Militar.

O dono do lava-jato se negou a assinar uma multa imposta pelos fiscais, e acabou sendo contido pelos guardas municipais que aplicaram um "mata-leão" deixando o homem inconsciência por mais o menos 30 minutos até a chegada da ambulância e médico do SIATE.

Confira os vídeos:



Atualização 09h48:

Em rede social o prefeito de Maringá Ulisses Maia fala sobre o caso e falou que conversou com familiares do empresário, além disso deixou claro que não tolêra violência independente da situação. 






COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM