GERAL

Consumidor paga caro e não sabe da qualidade do combustível que vai para o tanque do seu carro

Pan News 7h o destaque que depois de denúncias de combustíveis adulterados pelo 156, o Procon de Maringá fez uma operação nos postos de combustíveis, coletaram amostras de combustíveis e fizeram verificação de documentos.

Segundo o Procon, as amostras coletadas são encaminhadas para análise da universidade estadual de Maringá se tiver algum tipo de adulteração as amostras são encaminhadas para a universidade federal do paraná para fazer uma contraprova.

Assista a edição completa desta quarta-feira (26):






COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM