COLUNAS



POLITICAGEM

com


Kim Rafael


Avatar Kim Rafael
QUATRO RAZÕES PARA NÃO SERMOS CAMPEÕES



Imagem:[1]
 
 
Quando dizem que um time é melhor que o outro... tudo isso não passa de fanatismo momentâneo. Hoje, no caso da seleção alemã, a qual passa por um período de transição, tanto de jogares, quanto de técnico... apesar do momento ruim da Copa do Mundo de 2018 e a recente Eurocopa, não se pode subestimar a tetracampeã.
 
No caso da seleção brasileira, muitas seleções inferiores foram melhores em campo e não possuem as cinco estrelas indicando os cinco títulos mundiais. Não precisa ir longe, tanto em 2010, quanto 2014 a seleção holandesa arrebentou uma seleção pentacampeã.
 
Já em 2018, a tal da seleção belga também teve seu papel de acabar com o nosso hexa, derrotando a seleção do penta.
 
Algumas seleções ao longo das copas passaram a de inferiores ao calcanhar de aquiles do Brasil, mas em número de títulos, nenhuma chega as cinco estrelas.
 
Tudo é momento, uma hora Ronaldinho Gaúcho, outra hora Neymar. Para desconstruir esta arrogância e fanatismo, vale relembrar que o técnico do pentacampeonato, foi o mesmo da derrota do 7x1.
 
Agora, quero trazer a subjetividade do futebol, não que eu seja um expert, muito pelo contrário, mas preciso trazer alguns pontos pelos quais tive a sensação de que a Argentina tinha o direito de ganhar.
 
Para o futebol existir, precisamos deixar a paixão de lado e focar na análise fria da boleragem... Brasil existe por conta da Argentina, que por conta da Alemanha existe a França. Que da mesma forma a Espanha existe pelo futebol da Inglaterra e assim vai...
 
É importante que os adversários ganhem. É importante sentirmos a derrota. Não seria inteligente, muito menos agradável vivermos ganhando... precisamos aprender a superar a derrota, inclusive no futebol.
 
São 21 edições de Copa do Mundo FIFA, e se o Brasil tivesse ganhado todas? Seríamos HENICOSAcampeão. Desculpe, mas não teria graça, nem mesmo emoções.
 
Perdemos da Alemanha de 7x1, com isso, espero a oportunidade numa copa do mundo, comemorar o mesmo placar ou com qualquer placar, com tanto que tiremos a Alemanha do torneio. Esta emoção ainda está agendada e muito bem guardada. Ou os alemães acham que me esqueci?
 
Agora que já te deixei mais pensativo, quero elencar alguns pontos para ter torcido para Argentina na final contra o Brasil na Copa América 2021:
 
Primeiro, a seleção brasileira desde o início através do técnico Tite demonstrou-se desgostosa pelo fato do Brasil sedear o torneio, e por isso, entendi que ela (a seleção) não quis jogar.
 
Segundo, a seleção brasileira já derrotou a argentina na edição passada nas semifinais e acabou ganhando o torneio.
 
Terceiro, a seleção argentina não ganhava um título desde 1993.
 
Quarto e não menos importante, Lionel Messi, o jogado espetacular, merecia e muito levar pelo menos um título com a seleção argentina antes de pensar na aposentadoria, afinal, o reconhecimento é necessário... se você não concorda, abra o YouTube e pesquise: Messi. Você verá.
 
Bom, e se você não conseguiu entender o texto pelo qual escrevi com referências ao merecimento... calma, você não é comunista. Mas lembre-se do abraço que Neymar ao perder o título para os argentinos deu em seu amigo e adversário Messi.
 
Não faça do teu adversário o seu inimigo, mas faça dos inimigos um bom exemplo para continuar lutando... e talvez um dia nós voltamos a ganhar.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

[1] www.espn.com.br/no...enceu-o-futebol

Sobre Kim Rafael

Colunista


Sobre a Coluna

POLITICAGEM



COMENTÁRIOS